GTs – Grupos de trabalho SSAN. Constructos temáticos aplicada da metodologia. Sistemática Câmara de estudos: Bases intrínsecas em aprendizagem e conhecimento

“A vida plena de direito começa com a liberdade de nascer e viver! Sem violações de oportunidades devidas e em igualdades para todos. Art. 1. DHU – Todos são iguais…”
“És uma luz – Oh ! Messias (Emanoel ‘Deus conosco’ ) Bem – vindo – 2020”

 

I – Introdução


O grupo de trabalho por dinâmica de estudos temáticos, consolidou nos a realização planejados com políticas de gestão ativa em ENPSSAN, paulatinamente o evento com sede por regiao6, de 2 a 2 anos, funciona em infraestruras de Universidades federais e influências de organização com a PENSSAN e sua gerência executiva em trinta e três postos ativos por grupo 3xtensicos de coordenações de 5 sistemas executantes coordenados, presidência diretiva, em linhas de ações diretivas estratégicas, de membros acadêmicos universitários e membros de internas e externas acadêmicas, a nível de agendas ONU – FAO- OMS, secretária internacional e conselhos – CONSEAS membros desarticuladas instituída orgânica junto a secretaria de gabinete civil governamental, E regionais de Estados do Brasil. Trataremos linhas de senhas de ocorrências efetivadas com evidências e presença de seus grupos de estudos.


2.0. Tendências inovativas


Temáticas de grupos, em ENPSSAN a cada formação coordenada abrangem por espaços de ambientes por Câmara de estudos, agregando docência coordenadas com categoria de projeto por subgrupos subtematicos de agregadores de pensamento de conhecimento e displinares de áreas acadêmicas centrais e férias, e específicas, num linha de abordagem temático GTs, E inovativas discernidos, em suas instâncias possíveis, na dinâmica inscrição temáticos e selecionados, segundo ao tema de evento planejados, para responder: Ao tema e junto ao mesmo as questões e problematização de aspectos sócio político em PP – SSAN,E dar respostas possíveis, em todo trabalho de grupo académico un8versitario e profissional, em cunho científico de seus projetos de práxis e filosofias empíricas de apresentação a academias de estudos, abertas – GTs.


2.1.Estratégias de discussão e estudos


GT1 –DHAA
G2 – Produtos sustentáveis e processamento de trabalho dos alimentos
G3 – Abastecimento e consumo AS
G4 – Efeitos IAN
G5 – Comida e cultura
G6 – A construção da pesquisa SAN


2.3. Linhas e pontos ênfases e tônicas para regimentos GT


2.3.1. Observatório políticas públicas SSAN e sua reconstrução e construção;


2.3.2. Construir conhecimento de saberes problemáticas com transversais – SSAN e outros;


2.3.3. Territórios nacional alternativos; Opcionais; Institucionais espaços de comunicação déficit e resistências SSAN;


2.3.4.Experiências; Territórios em conflitos em conflitos da paz em terras indígenas.


2.4. Concentrações chaves – Políticas públicas


2.4.1. Política


• Projeto governamental SSAN em conselho cívil
• Paralelas acadêmicas científicas institucionais universitárias
• Individuais e ONGs
• PENSSAN
• E outras.


2.5. Metodologias e aplicações – Projetos


2.5.1. Metodologias acadêmicas científicas e suas dinâmicas de estudos:


• Linha planejadas-Executados;
• Planejamento políticas de regimentos e parâmetros;
• Recebimento inscrição – Projetos temáticos;
• Sistematização;
• Divulgação de programação ENPSSAN – Evento.


2.6. Formato GT- Eixos- Dinâmicas


2.6.1. Grupos de trabalhos


• 1 A 6 – Básicos
• Conselho constitutivos e eixos paralelos diretivos executivos e GT6.


2.7. PENSSAN – GT


2.7.1. Rede PENSSAN – Base executiva coordenada das ações ativas. E os GTs


• Centros regionais – Norte – Nordeste – Sul – Sudeste – Centro-oeste
• Base executiva – PENSSAN


2.8. Avanços rede de informação – ENPSSAN


• Produções científicas e disseminações em recursos;
• Sincronia de informações;
• PENSSAN – Nova estruturação renovada com dispositivos inovados;
• Rede aberta e interdisciplinar e eixos;
• Plataformas.


2.9. Desconstrução – PP e Consequências
A perspectiva diretivas descontraídas em PP, trata-se caminhos em PENSSAN conexos intrínsecos.


• Contribuição e compromisso – Rede como ponto – chave considerando seus eixos se aberturas executivas e caminhos, linhas planejadas por SSAN – ENPSSAN – PENSSAN;
• GT6;
• Discussões e colaborações científicas de pesquisadores;
• Estudos, Experiências; Pesquisas; Políticas públicos institucionais e acadêmicas difundidos em ENPSSAN executiva – Evento de Goiânia 2019.


2.10. Perspectivas PENSSAN


• Otimização SSAN;
• SAN;
• DHAA;
• CONSEA;
• Reconstruir espaços PP – BR SSAN – Academias e observatórios SSAN.


Conclusão


A tônica de abordagem temático produzirá muitos estudos e investigações científicas, além de trabalho – Projetos de prevenção Saúde – Médicos e nutrição basicamente, antecipado demandas de estatísticas baixas de otimização em SSAN – Avaliações e relatórios interno e externo de entidade , ONU por Gerais assembleias de secretárias com seus representantes legais, diante de previsões mundiais, pais e continentes. Principalmente reduzindo déficit de EIAAN, mediante políticas mundiais com Nações de prestações de contas de investimentos e agenda e metas. Antídotos de futuras catástrofes preventivos internacionais SSAN – BR em PP, é um antídoto , seguro e viável, possível, pois: Os efeitos de perigo – DAGEL, com prevenção ao desgastes, e desconexas de anelos a cadeia da vida – BIO de todos os seres vivos, residem grandes – Alertas amarelo para geração em geração, que não trata – se de efeitos se: Desequilíbrios, harmonia, equidade, qualidades, quantitativos, adequações e nutrientes por volumes com básicos necessários pessoais em saúde. A fome e seus paradoxos de Saúde – Médicas e Nutricionais, envolvem PP em todos os aspectos sócio – político econômico do ser humano, enquanto Ser vivo e futuro com Saúde – Médicas e adequações e nutricionais. O futuro e obesidade, entrou em nossos, círculos regionais do brasileiro, que não é uma problemática do Norte americano, de pseudos Foo/ Food, desde anos “ 60”, que mercados e economias e sua devastação caótica 70, 80 ,90. Entramos na apoteose de defesa e entronização anos de 1995 – Neoliberalismo das economias, e inside o Brasil, de partir 2010 – 19, presente de incentivos de economias abertas e livre mercado, para o comércio. Consequentemente, quando(Moose,2010), preveniu que automatização global e informatização sem sustentabilidade – Vidas e trabalho, viria infindas por processos de contornos de caos, e neste previu, a Disporá de grandes povos, 2017- 2019 pelo mundo, vemos que: Estatísticas de desemprego; fome e alimentação inadequadas e nutricional; Imigração em massa de povos, E etc . Entre tantos problematicas.Esses efeitos em déficit SSAN, com dimensões coexistentes- EIAN para construímos políticas internacionais e agenda unida – DHAAN; Perspectivas de produção sustentável e eixos – SSAN inter; Sistemas equitativos AGROECO; Políticas de SAN de defesa de culturas alimentícias sustentáveis. Sobretudo revermos valores culturais alimentares e Saúde – SSAN. Reconstruir um futuro SSAN inovador, pois não depende tão somente de PP – AGROECO sustentáveis e Saúde. Reconstruir um futuro SSAN inovador, pois não depende tão somente de PP – AGROECO sustentáveis, E comportamento sócio psicológico; antropológico sustentáveis, e valores, com sociológico e Saúde médicas preventivas, Adequadamente e Nutricionalmente, ate mesmo mudanças de aparatos regionais preservados, e sustentáveis, mais transformações políticas únicas internacionais e uma agenda de chefes de Nações e questões profundas mundiais de alerta – DARGEN. A exemplo da agenda Pacto de Paris, em déficit, agenda do clima CO2- Internacional efeito estufa, nivelamento climático em Terra e a cadeia – BIO VIDA, de medidas de prevenção de entornos científicos e tecnológicos previstos em índices de 1,5CO – baixíssimos em curso, determinados locais e mundiais, gerais, para a elevação de preventivos mentores e mecanismos: Organizações, Cooperações, Governos – Defesas de laços industriais, Comércio, Mercados. Prevê políticas orgânicas do processo de poluição em CO, e desnivelamento dos efeitos estufa, na Câmara de ozônio. Previsão, de 2,0, na escala – agenda 2030. Hoje, mesmo diante, de adequações e nutricionais solicitações para refeições básicas, 06 refeições previstas, escapam pela percepção, de que não existe, saciedade, mesmo com conceitos de processos de mastigação e anelos quantitativos por grupos de elevação a boca de “ QQ”, E equilíbrios comportamentais, de ansiedades, e superação nas defesas apetitosos e volumes antecipados de refeições rápidas, ou e ausentes .Mais achega- se uma problematização maiores:Valores calóricos nutricionais, volumes, calorias e vitamínicos, cálcio, sódio, gorduras saudáveis, e etc, de alimentos, de sua aquisição ao consumo, cocção, E alimentação com metabolismo de cada indivíduo, essas propriedades nutricionais estampadas, em rótulos obrigatórios – Lei, suas políticas preventivos de adequações, não são seguras – Etapas, fases e consumo, em dietas alimentares, existem um vácuo(abertura), espaço e escuro em déficits no desenvolvimento do homem: Altura, peso e massa em K e IDH – Índices de Desenvolvimento Humano em OMS – Organização Mundial da Saúde. Linha de trabalho preventivo Saúde, médicas e mental, adequadamente e nutricional.


Referência bibliográficas


1. ENPSSAN, ( 2019). GTs – Grupos de trabalho SSAN – Constructos temáticos aplicada da metodologia. Sistemática Câmara de estudos: Bases intrínseca em aprendizagem e conhecimento. XIV Encontro Nacional de pesquisadores Segurança Saúde Adequadamente nutricional, de 09 a 14 de setembro de 2019, UFG. PENSAN, Goiânia 2019.


[Ensaio: ENPSSAN, (2019). GTs – Grupos de trabalho SSAN – Constructos temáticos aplicada da metodologia. Sistemática Câmara de estudos: Bases intrínsecas em aprendizagem e conhecimento. Jusenildes dos Santos. TICs – Projetos. University Européia Atlantic . Iberoamericana. Teologia e política- FCP. Docência prática. XIV Encontro Nacional de pesquisadores em Segurança de Saúde Adequadamente e Nutricional, de 09 a 14 de Setembro, 2019, UFG, Goiânia. PENSSAN, 2019.]

Publicado por

jusenildes

Pesquisadora Ciência da Informação - TIC digital Aprendizagem e conhecimento

Os comentários estão encerrados.